E continua acontecendo. Atrizes precisam brigar para ganhar o mesmo que seus colegas atores.

Segundo o site Deadline as atrizes Kirsten Vangsness e AJ Cook estão dispostas a não renovar contrato com o canal CBS caso seus salários não seja equiparados ao dos colegas homens de elenco em Criminal MindsJoe Mantegna e Matthew Gray Gubler que acabaram de renovar para continuar na produção estão na série desde o inicio, Matthew Gray Gubler desde a 1ª temporada, assim como Kristen e AJ.

Essa não foi a primeira vez que a produção do canal CBS teve problemas para tratar as atrizes da mesma maneira justa com que trata os atores. Há quatro anos as mesmas atrizes reclamaram por estarem recebendo menos da metade do salário dos atores com o mesmo destaque na série, como resultado AJ Cook foi afastada e  Paget Brewster teve sua aparição reduzida como castigo.

A injustiça e machismo nos canais de TV não é nenhuma novidade, apenas a reivindicação e demostrações publicas de descontentamento das atrizes, que não estão mais ficando caladas diante da desigualdade. A atriz Robin Wright de House Of Cards que foi a publico há mais de um ano para dizer que estava exigindo(da Netflix US) receber o mesmo que Kevin Spacey disse há alguns dias que foi enganada e descobriu que ainda existe uma diferença.

Me falaram que eu estava recebendo um salário igual e eu acreditei neles, mas descobri recentemente que não é verdade… então isso é algo a ser investigado. Claire e Frank são equivalentes quanto ao poder, à união e ao enredo. Eu não posso ter tantas cenas ou falas quanto Kevin, mas Claire não precisa verbalizar tanto. Frank é um orador, Claire é mais como uma sombra que fica nos bastidores, mas eles são parceiros no mesmo plano.

O sexismo transita entre todos os canais e todos níveis e tamanhos de produções. Gillian Anderson também revelou que precisou brigar por um salário igual em Arquivo X duas vezes, mesmo quando sua personagem já era mais do que comprovadamente tão protagonista e importante quanto o de David Duchovny. Insistiram em lhe pagar a metade quando começaram as negociações com a FOX para fazer o revival em 2015.

Fato é que atrizes com o mesmo destaque, mesmo tempo de tela, tão exploradas visualmente na hora de vender uma série quanto seus colegas homens ainda ganham menos, os canais não tem a menor cerimonia em exigir o mesmo nível de trabalho e recompensá-las com salários menores. A diferença infelizmente fica com as poucas que conseguem brigar ou ir a publico para expor essa “norma”.

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM