O ator Steven Yeun interpretou um dos personagens mais queridos de The Walking Dead pelo publico. Sua morte foi uma comoção geral, sua quase morte antes disso um acontecimento na história da série. Mas parece que o ator não ficou muito feliz com a trajetória e principalmente com o fim de seu personagem. Yeun deu uma entrevista a Vanity Fair e falou sobre a polêmica cena da morte de Glenn.

“Eu não sinto como se tivesse sido muito. Eu serei honesto com você e colocarei uma declaração de responsabilidade completa aqui: talvez eu não seja objetivo, mas eu realmente sinto como se as pessoas (os roteiristas) não soubessem o que fazer com Glenn. Elas gostavam dele, não tinham problemas com ele, e as pessoas gostavam dele. Mas eles não conheciam a conexão que as pessoas tinham com o personagem até ele ter morrido. Eu olho para o que aconteceu e eu penso, Isso não foi tão gore quanto o que fizemos antes. Ninguém ficou com o rosto rasgado pela metade. Pessoas tinham suas tripas esmagadas e suas cabeças cortadas. Mas esse pareceu gratuito porque 1) a cena foi continuando sem parar e 2) Eu acho que eles tiraram alguém com o qual eu não percebi que eu tinha feito uma conexão até que eles o tiraram da série“.

“Internamente, foi incrível. Externamente, foi difícil, às vezes, porque nunca senti como se ele fosse tratado com justiça. Eu nunca senti que ele conseguiu isso de uma percepção externa. Eu não digo isso como uma crítica em qualquer coisa. Ele sempre teve que fazer parte de outra coisa para se legitimar. Ele raramente estava sozinho. E quando ele estava sozinho, levou vários anos para convencer as pessoas a lutarem sozinhas. (…) Eu acho que o mais cruel que poderia ter acontecido é que, se Glenn continuasse, sabendo como as coisas geralmente são, eu poderia prever totalmente uma situação em que ele lentamente, desaparecesse silenciosamente no fundo e é um pouco lembrado, mas não realmente“

A oitava temporada de The Walking Dead estreia na próxima fall season.

 

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM