Parece que The Flash resolveu tirar um pouco da carga dos ombros de Barry Allen e dividir com todo o #teamflash. (Menos Wally… shhh!)

No episódio 4×05 é a vez das meninas mostrarem do que são capazes, fora das instalações dos laboratórios S.T.A.R.

Começamos com a Felicity, de Arrow, chegando para a Despedida de Solteira de Iris. Felicity é uma personagem divertida, que lembra um pouco a Chloe de Smallville, mas no caso desse episódio, ela só veio mesmo para “fazer volume”. O cast de Flash não conta com muitas mulheres, então muito mais fácil trazê-la, visitando o universo compartilhado da CW, do que introduzir uma nova personagem para ser amiga de Iris. No fim, foi bom para o propósito do episódio. O grupo precisava de alguém inteligente, para trabalhar com “a ciência”. Então Iris e Felicity se juntam a Caitlin, que não está muito afim de sair, tenta contornar, mas no fim acaba indo, e também Cecile.

Do outro lado temos Cisco planejando uma noite calma para os “meninos”, com bebidas e charutos. A tranquilidade acaba sendo trocada por uma visita à boate de strip-tease (Claro!) devido a Ralph Dibny e a um MUITO interessado Harry Wells. Claro que não ia acabar bem. Foi uma parte muito divertida do episódio, onde ele mesmo brincou com algo que sempre comentamos: Barry conta para todo mundo que é o Flash. E o mesmo acontece ali no strip club. Com uma bebida especial que Cisco fez para ele, Barry fica bêbado super rápido, sai gritando que é o Flash, para depois cair numa tristeza profunda. Foi muito bom! O Grant Gustin é ótimo em cenas cômicas e acompanhado de Jesse L. Martin, o Joe, fica ainda incrível.

Mas o foco desse episódio é em Caitlin e nas meninas. e não poderia ter sido melhor! A vilã, Amunet, tem tudo que gostamos: é ruim porque gosta de ser ruim, quer dinheiro, tem capangas. É uma coisa clássica, até cliché? É sim, mas nunca falha. A dualidade fica por conta de Caitlin/Killer Frost. A vilã da semana não precisa ser dividida também. Sobre o novo meta-humano que conhecemos essa semana, faltou alguma coisa ali. Carisma? Tempo para nos importarmos com o personagem? Quando ele deixa Iris e o time para trás, foi tão esquisito e fraco! Aliás, todos os metas escaparam dessa vez. O que nos reservam?

O grande destaque ficou para Killer Frost, que estava muito bem. A briga interna da personagem já tem durado algum tempo, mas quando ela decide ficar do lado do Team Flash, mesmo que relutante, é sempre bom. E é interessante ver como Caitlin defendeu Dibny no episódio anterior, dizendo que as pessoas mudam, mas ela não acredita no seu próprio potencial. Os episódios seguintes podem ter grandes possibilidades para ela.

E o grupo das meninas como um todo foi bem coeso. Diretas e práticas, resolveram a parada em menos tempo do que a parte masculina do time resolveria. Sem medo ou gracinhas, pegaram em armas e lá foram resolver. Nada de se desesperar. Mostrou que todo mundo no time é versátil e pode ajudar. Ninguém está lá a toda. Até Cecile, que acabou de chegar no rolê, foi importante.

Em resumo, o episódio tirou as mulheres de Flash do posto secundário, colocando-as em ação. Elas não estavam ali para serem salvas, fonte de apoio emocional ou simplesmente desculpa para romance. Era um bom momento talvez para se ter trazido Gypsy e incluí-la no grupo. Mas o dia (ou a noite) era de Killer Frost e ter mais alguém com poderes ali, tiraria o foco dela. Foi um episódio bom. Continue assim, The Flash!

#flashpoint

  • Quão bonitinho foi ver aquele vídeo sobre a vida do Barry no início?
  • E o DeVoe saiu da alcova! Eu hein… trombar com um daquele na rua.
  • Dibny e sua personalidade encantadora! Tem sido o MCDC de Flash e mostrou todo seu potencial no strip club.
  • Aliás, a história da filha da Cecile no strip club foi interessante, mas poderia ter sido mais. No final, ela terminou como muitas outras histórias e a abordagem ficou rasa.
  • “This house is bitching” vem sendo repetido desde que Barry saiu doido da Speed Force. Eles estão repetindo porque ouviram barry falando ou Barry previu tudo isso?

 

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM