THE HONOURABLE WOMAN – 1ª TEMPORADA (e única)

Wow que série!

Toda a temática já chama a atenção por ter como enfoque Gaza! Não exatamente Gaza, mas o “eterno” conflito entre Israelenses e Palestinos, que no mundo de seriados cinematográficos é raro… Tirando Homeland (que assisto e acompanho) nunca parei pra assistir nenhuma outra série que se “passe” no Oriente Médio ou que tenha como foco tal região.

O nome da protagonista na série é Nessa Stein, uma rica “órfã”, que, juntamente com seu irmão, tenta levantar a bandeira de Paz na região conflitante entre Israelenses e Palestinos. Nessa é filha de um sionista ferrenho, que fez sua riqueza na produção de armas, que são justamente utilizadas nestes conflitos. Após o assassinato do pai, Nessa e o irmão tentam fazer a diferença, aproximando as duas culturas em busca da paz na região.

A série é repleta de conspirações “por baixo dos panos”. Não assistam esperando um final feliz, onde todos sobrevivem, onde o mundo é perfeito, com heróis ou heroínas… The Honourable Woman traz a verdade nua e crua, sem enfeites ou romantizando as coisas (como algumas vezes Homeland faz). Há sequestros, traições, mortes, estupros, reviravoltas, conspirações e mais conspirações… Uma das coisas que mais gostei na série é que não se passa nos USA, embora o País seja citado. Tem conspirações com eles (claro), mas se passa estritamente na Inglaterra, com cenas pontuais nos países do Oriente Médio que fazem parte da trama.

Poderia melhorar no elenco, mas acho que é falta de costume, não assisto muitas “obras” europeias, e estou condicionada (erroneamente) com o modo como as interpretações americanas se dão.

Uma série que não enrola, são 9 episódios, com cerca de 50 minutos cada. Primeira temporada fechada, não terá segunda temporada. Série pontualíssima, de primeira qualidade, divergindo da “mesmice” americanizada. Me surpreendeu positivamente. Super recomendo.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM